Não Perca!

Ads

terça-feira, 5 de junho de 2012

Como uma viagem pode mudar sua vida





Turismo de aventura,turismo náutico e ecoturismo








__________________________________________________________________________________



Quando a viagem é mais do que simplesmente conhecer um destino, se torna uma experiência muito mais enriquecedora. A busca nem sempre se trata de algo comum a todos como um intercâmbio, praias paradisíacas, monumentos, histórias ou cultura. Mas sobre algo pessoal, intransferível e solitário. O desafio de conhecer os próprios limites.


 “Uma viagem é uma experiência e não apenas teorias ou abstrações sobre o caminhar. Ao longo das reflexões percebe-se que a viagem não diz respeito somente à trajetória para um lugar, mas de um caminho para si mesmo. Peregrinação, portanto, não é tão somente ir a um lugar distante ou exótico, a peregrinação busca o que está dentro de nós mesmos. A maior dificuldade das pessoas é reconhecer que a grande busca não é por algo insólito, diferente, nunca experimentado. As pessoas querem algo que já possuem, mas estão afastadas de si mesmas e não podem – ou não querem – ter acesso a aspectos importantes de suas vidas. Então viajam pelo mundo. Alguns encontram o que buscam muitas vezes na volta; outros se perdem no caminho para nunca mais voltar. Quem pode dizer quem encontrou o que? Apenas o que busca e adquiriu consciência de sua própria busca de suas perdas, suas faltas; de seus ganhos e acertos. A grande viagem é a vida(...).”


O trecho acima, retirado de um livro didático de turismo, deixa claro que a busca pelo desafio tem o seu maior objetivo em conhecer a si mesmo e testar seus próprios limites. É isso que está intrínseco seja no ecoturismo ou no turismo de aventura. A consciência de que o homem não é dono do mundo, mas apenas parte dele. E dentro desse contexto de que não é necessária a presença humana para que os ecossistemas se desenvolvam e se transformem, o ser humano se depara com suas limitações, fraquezas e começa a pensar em uma forma de contorná-las. O desafio é o que nos transforma.
Preste atenção nesse trecho de filme:



Compare esse trecho de filme com a vida real e veja se não são parecidos.








Episódio do fantástico

Mas não é só isso. Está disponível no youtube o documentário do velejador  Amir Klink cujo o nome é  Mar sem fim. O tema não é só sobre o destino, ele fala sobre a distância, saudade, renuncia, medo, solidão entre outros sentimentos e situações que enfrenta através da atividade que pratica. No final o que fica é o aprendizado:





Para ver a primeira parte do documentário do Amir Klink clique aqui



O portal Ventura se compromete a indicar lugares que possam proporcionar essa experiência ao leitor. Mas o que cada um extrai desse desafio é de cunho pessoal. Basta estar aberto para absorver o que vier e se permitir transformar.


*Amir Klink é velejador, escritor e palestrante. O trecho do livro acima se chama Mar sem fim







.

 
Copyright © 2014 Portal Carpe Vita. Designed by OddThemes